quarta-feira, 13 de maio de 2009

Beith - Bétula - Berkana- A Runa da Gestação










Todo início inspira cuidados especiais.Quando chega a hora de plantarmos novas sementes, a terra deve estar livre de ervas daninhas e velhas raizes, adubada e pronta para receber a vida que chega.O mesmo se dá conosco; quando entramos num novo projeto, seja ele profissional ou pessoal, antigos fracassos e frustrações já precisam estar superados.O início de um novo amor pede, também, coração aberto, livre de mágoas ou culpas. Mas todo início é escuro e pode trazer medo, e se assim for, inibirá o fruto que acabará por não vingar.Há uma árvore que, para os povos antigos, está associada a essa energia, o Vidoeiro Prateado (ou Bétula), que se traduz no significado da Runa Berkana.
Relacionada à Grande Mãe, essa Runa Bétula (ou Berkana) está associada à gravidez e novos planos; com seu caule branco, simboliza a pureza necessária para que os inícios se dêem livres das más energias do passado.No Samhain, o ano velho era limpo com ramos de Bétula, que também representa proteção. Na Ilha de Man, criminosos recebiam chicotadas com ramos de Vidoeiro a fim de afastar os maus espíritos.


O Mastro de Maio, em Beltane, era feito com um tronco de Bétula e sua madeira utilizada para fazer berços; esses dois usos explicam a relação dessa Runa com a maternidade, filhos e família.

Sua interpretação nos orienta que precisamos ser livres para nossa trajetória espiritual que, antes mesmo de começar, deve ser como um desenho, que é compreendido sem se perder de vista durante a viagem. Os espinhos do caminho não devem ser confundidos com nossa jornada.
Aproveitemos a energia do presente para iniciar algo novo, em detrimento do velho.
"A Bétula não dá frutos,
mas tem brotos sem esforço.
É bela com seus galhos,
carregada de folhas
que pesam no ar."

("The Anglo Saxon rune poem" )

Um comentário: