terça-feira, 1 de julho de 2014

Thurisaz - Thorn

 



Thurisaz / Thorn, em islandês, "espinho".  
Os espinhos do caminho -
uma advertência que conduz a uma proteção.
Hora de tomar todo cuidado,
pensar antes de falar, antes de agir,
melhor observar, examinar, investigar.
Essa runa é como um alerta; 
aparece quando  surgem problemas
por vezes relacionados a papéis, documentos, questões judiciais ou mesmo emoções
como medo, ciúme, inveja.
Ela vem como um aviso na jornada. 
Os pequenos detalhes - como espinhos -
são imperceptíveis num primeiro olhar,
por essa razão, é preferível analisar bem antes de tomar qualquer decisão.

Thurisaz perturba o sono, e pode sugerir problemas de saúde como pressão alta, dores nas articulações, muitas vezes oriúndos do excesso de rigidez emocional e mental.
 Há uma segunda interpretação para  essa runa - que inicia com a letra - qui,
"gigante", em nórdico antigo. Os gigantes do gelo eram algozes, inimigos dos homens e dos deuses.
Uma forma de proteção é recorrer  ao deus Thor e seu Martelo Mijöllinir que, em várias passagens das Eddas, vence os gigantes do gelo com sua força, portanto sabemos que as dificuldades poderão ser quebradas.

"O espinho é extremamente afiado,
algo muito ruim para qualquer cavaleiro tocar,
notavelmente rigoroso com tudo que se senta em torno dele."

("The Anglo Saxon rune poem" ) 

Nenhum comentário:

Postar um comentário