segunda-feira, 28 de outubro de 2019

Othala - Ancestral



  

A Herança




O legado, no final do ciclo,
 pode ser  um bem, como casa, riqueza, bens materiais, ou a sabedoria e experiência ancestral; o ancião da tribo transmite seus conhecimentos e experiências que deverão ser passadas de geração em geração.



O velho morre para dar lugar ao novo, ideias e atitudes obsoletas ficarão no passado, o conservadorismo só terá espaço se for para manutenção de valores morais, sociais e éticos.
Antiquados padrões são quebrados, e aquele que chegou ao término de sua busca vai, agora, ao encontro do seu próprio caminho.



"O lar é amado por todos
se ali prosperam em paz
e gozam de colheitas frequentes"

Dagaz -a runa da aurora


                                                                          O Dia

                                  





Runa que representa a aurora, um novo dia, novas esperanças.
 A colheita foi justa e seus resultados são agora o que importa; porque a terra descansou numa longa noite, curando suas cicatrizes e em silêncio se aquietou.

Ainda há trevas, incertezas e as dificuldades pertinentes à sombra. Mas pouco a pouco amanhece e  o sol brilha novamente,  prometendo calor e luz. Ele traz a esperança de um melhor período; consequentemente, provoca mudanças em tudo que tem vida.




Faz abrir o coração, a mente, e novas atitudes surgem em cada um, pois é preciso descobrir maneiras criativas e diferentes para solucionar velhos problemas.

 É a oportunidade para explorarmos aspectos adormecidos de nossa personalidade, para podermos enxergar o mundo de forma mais positiva. Dagaz exige que estejamos dispostos à transformações pessoais, é a runa da metamorfose também. 

Conhecimento, saúde, amor, espiritualidade, verdade, sabedoria e prosperidade são as promessas do sol.


 "O sol é o mensageiro dos deuses;
a luz dos deuses significa
 felicidade e consolo
para o rico e para o pobre"


 poema anglo-saxão 




Ingwaz Inguz - Ing


A semente



Fertilidade masculina, a semente que é plantada no ventre e que carrega em si  essência e memória; por isso, 
tudo o que estiver na lembrança, se for tóxico, deve ser descartado, com o exercício  do desapego. Pode ser conveniente fazer uso da criatividade para elaborar  conteúdos dolorosos e velhos rancores, ir bem ao fundo da alma para extirpar aquela mágoa antiga.
Assim que tudo for libertado, a nova semente estará forte e pronta para ser germinada.

Runa relacionada ao deus/herói Ingwaz, citado por Tácito como "um dos descendentes do primeiro homem proto-germânico, Mannus, dando origem a toda uma dinastia". Também aparece nas Eddas em prosa, de Snorri  Sturluson, como rei da Suécia, depois de Odin,considerado  deus da fertilidade, semelhante, se não idêntico, ao deus  Freyr.     










"Ing foi visto primeiramente pelos homens
entre os dinamarqueses do leste,
até que ele então rumou para o oriente,
sobre as ondas,seguindo sua carruagem.
Assim, os Heardingas o chamam de herói."