quinta-feira, 9 de abril de 2009

Dagaz -a runa da aurora







Runa que representa a aurora, um novo dia, novas esperanças.
 A colheita foi justa e seus resultados são agora o que importa; porque a terra descansou numa longa noite, curando suas cicatrizes e em silêncio se aquietou.

Ainda há trevas, incertezas e as dificuldades pertinentes à sombra. Mas pouco a pouco amanhece e  o sol brilha novamente,  prometendo calor e luz. Ele traz a esperança de um melhor período; consequentemente, provoca mudanças em tudo que tem vida. Faz abrir o corãção, a mente, e novas atitudes surgem em cada um, pois é preciso descobrir maneiras criativas e diferentes para solucionar velhos problemas. É a oportunidade para explorarmos aspectos adormecidos de nossa personalidade, para podermos enxergar o mundo de forma mais positiva. Dagaz exige que estejamos dispostos à transformações pessoais, é a runa da metamorfose também. 

Conhecimento, saúde, amor, espiritualidade, verdade, sabedoria e prosperidade são as promessas do sol.


"O sol é o mensageiro dos deuses;
a luz dos deuses significa
felicidade e consolo
para o rico e para o pobre."

(trecho de um antigo poema anglo-saxão sobre esta runa)



A Roda do Sol


O sol representa a força vital, principalmente para os povos que sofriam as consequências de longos invernos, e foi simbolizado pela suástica em diversas culturas: azteca, budista, chinesa, dinamarquesa, hindú, americana nativa, xamã e escandinava. É um arquétipo universal, muito embora tenha sido denegrida por causa do nazismo. Em sânscrito significa "tudo está bem". Ela deriva da roda do sol, e é também encontrada nos antigos caracteres Hallristinger - gravuras rupestres que constituem uma das formas mais antigas da escrita européia, antecessora do alfabeto rúnico.

Em rúnico, é representada pelo Dagaz, que simboliza o dia, a aurora.


Carmo Tavares

5 comentários:

  1. Achei incrível esta postagem,principalmente pelo fato de ter sido EU quem selecionou, copiou e colou a imagem do Dagaz. Acreditem se quizer, aprendí a fazer isso!!! Um beijo arfante...

    the Osmar

    ResponderExcluir
  2. Parece também uma ampulheta deitada...O tempo parado...Para que algo aparça, na mutação, quando a runa já cumpriu seu vaticinio Interessante, impressionante Besos

    ResponderExcluir
  3. Carmo...

    de 28 em 28 anos, os Judeus recitam a bênção do Sol, que é o alinhamento do Sol exatamente como estava no dia da Crianção do Mundo...

    isso aconteceu alguns dias atrás, de terça pra quarta-feira (aurora do dia 8/4/2009), e olha só... quando abro seu blog!!! Que coisa linda!!!

    Obrigado pelo presente!

    André

    ResponderExcluir
  4. Oi Carmo, me chamo Marcelo e moro em Salvador. Faço parte de uma tribo, os Druídas de Lugh e me interesso muito pela cultura celta, vivo parte ela na verdade. Encontrei seu blog porque estou escrevendo um livro que fala bastante da cultura celta. Manipulo energia a um bom tempo, e estou querendo dar um passo a mais. Pensei em tarô mas não é a minha praia. O que você pode me falar sobre as runas?

    Se quise me add no msn ou manda e-mail:

    cello_nogueira@hotmail.com

    ResponderExcluir
  5. Oi, Marcelo!
    Encontrei as runas por afinidade, gosto do xamanismo, da religião da Deusa, mas sempre encontro as respostas em meu coração. Amo as runas, é um bom começo; leia a respeito, faça cursos, mas a verdade sobre elas, reside na alma, exige meditação e intuição. Outro oráculo até mas próximo do celtismo, é o Ogham, a escrita das árvores sagradas.
    Boa sorte em teu caminho,
    Abraços,
    Carmo

    ResponderExcluir